segunda-feira, 21 de agosto de 2017

NOME DOS GANHADORES DO PORTAL AÇAI SORTEIO 20/08/2017


Dois Irmãos morrem em acidente de moto na BR-010

Irmãos estavam em uma moto que acabou sendo atingida por uma caminhonete

Dois irmão morreram em um acidente no Km 289 da BR-010, nas proximidades da entrada do município de Cidelândia, a 616 km de São Luís. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), eles estavam em uma motocicleta, quando foram atingidos por uma caminhonete. O acidente ocorreu na noite deste domingo (20).

As vítimas identificadas como Osvaldino Alves da Silva e Vidal Alves da Silva, que estavam em uma motocicleta Honda/CG 125, placa NHL-8502, tentaram cruzar a rodovia para entrar em uma fazenda, mas acabaram atingidos por uma caminhonete Nissan/Frontier, placas NXI-7734.
Eles tentavam cruzar a rodovia para entrar nesta fazenda no momento do acidente
Quando os policiais da PRF chegaram para atender a ocorrência, o local do acidente estava completamente desfeito. Os dois irmãos não resistiram ao forte impacto e morreram ainda no local.
A Polícia Civil de Açailândia esteve no local e os corpos foram removidos por uma funerária do mesmo município.


fonte:http://www.eduardogarcess.com

Governo Flávio Dino inicia a reconstrução da Praça da Bíblia e reforma da quadra da Escola Nascimento de Moraes


No sábado (19), o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), ao lado do Secretário de estado de Infraestrutura, Clayton Noleto e lideranças da região Tocantina, participaram do ato de assinatura das ordens de serviço de duas importantes obras para Imperatriz: a reconstrução da Praça da Bíblia e reforma e adequação da quadra poliesportiva do Centro de Ensino Nascimento de Moraes.
Ambas as obras tiveram emendas parlamentares de Marco Aurélio, que com firme apoio do Governador Flávio Dino, terá o cumprimento de dois compromissos feitos, beneficiando milhares de moradores da cidade. Somente nessas duas obras, o deputado Marco Aurélio destinou emenda de quase 1 milhão de reais, tendo uma forte parceria com o governador Flávio Dino e com o Secretário Clayton Noleto, onde, além da liberação e aplicação deste valor, haverá também a complementação do governo do estado. 

Além do início das obras, que já se deu, Marco Aurélio, Clayton Noleto e o gerente regional da AGERP, Humberto Franco, ainda entregaram 20 barracas aos feirantes do Bacuri, fruto de reivindicação do parlamentar. Marco Aurélio confirmou que avançará na luta para incluir mais feirantes da região na política da padronização das barracas, que é uma das ações de estímulo a produção realizada pela secretaria de Agricultura Familiar e AGERP.

Luzanir Pereira, que trabalha há 28 anos na Praça da Bíblia, diz que espera “muita evolução, coisa boa, divertimento. Vai ficar bom para todo mundo que trabalha aqui no setor e vai ter um lugar em Imperatriz pra gente se divertir”, fala em relação a reforma da praça, na qual achou o projeto muito bonito.

A dona Francisca Souza, relata que como feirante, não teria condições de comprar uma barraca no padrão que está sendo entregue. “Se a gente for trabalhar tudo padronizado, vai ficar muito bonito a nossa feira, vai melhorar o nosso atendimento”, destaca a feirante que há 25 anos trabalha na feirinha do Bacuri. A feirante ainda destaca o professor Marco Aurélio como sendo “uma pessoa muito boa, simpática, porque ele sempre foi presente e prestativo com a gente ali da feira”, conclui.

O gestor da Escola Nascimento de Moraes, Jacó Muniz, destacou a importância da reforma da quadra. "Ainda no ano passado, o deputado Marco Aurélio e o secretário Clayton Noleto fizeram esse compromisso com nossa escola, o que nos deixou muito felizes e hoje, ao ver esse compromisso se cumprindo, nossa felicidade só aumenta, pois já não tínhamos condições de praticar as atividades desportivas na escola, devido à precariedade de nossa quadra. Agradecemos imensamente ao Governador Flávio Dino, ao deputado Marco Aurélio e Secretário Clayton Noleto, que foi aluno de nossa escola". 

O deputado estadual se diz muito feliz em estar cumprindo com sua palavra. "De vários compromissos que fizemos com Imperatriz, muitos foram cumpridos com apoio do nosso Governador Flávio Dino, a exemplo da escola Amaral Raposo, no Parque Alvorada, do apoio que garantiu a abertura da UPA do São José, da implantação do vale-livro no SALIMP, além de outros, tanto em Imperatriz, quanto na região. Alguns desses compromissos que ainda faltavam ser cumpridos, vínhamos persistindo e temos esta resposta, a exemplo da reforma do Centro de Ensino Nova Vitória, no Conjunto Vitória, emenda minha de R$ 424 mil, que será inaugurada já nas próximas semanas, uma emenda de R$ 500 mil aquisição de livros e computadores para a Uemasul, cuja licitação já foi concluída e já serão entregues aos estudantes da Universidade. Faltava o início da praça da Bíblia e a reforma da quadra da Escola Nascimento de Moraes, e que agora esta palavra se cumprirá, o que nos dá uma grande alegria".

Marco Aurélio afirma ainda a continuação da luta para a criação do Museu Histórico de Imperatriz, que está sendo encaminhando com uma ampla parceria do Governo Flávio Dino, através da Uemasul, Secretaria Estadual de Infraestrutura, Secretaria Estadual de Cultura e Turismo, da Prefeitura de Imperatriz, Fundação Cultural de Imperatriz, tendo também a parceria do deputado Marco Aurélio, tanto com a articulação, como também com destinação de emenda parlamentar. A concretização do Museu histórico de Imperatriz terá ampla participação da cidade, com pesquisadores, Uemasul, Academia Imperatrizense de Letras e das famílias que têm seus acervos. 

O Secretário de Infraestrutura do Estado, Clayton Noleto, destaca o tempo que a população estava aguardando a reforma da praça e diz que “é um projeto que realmente vai restabelecer a glória da praça” e que “vai revitalizar um espaço de um grande adensamento populacional. Um espaço para desde as crianças até os idosos”, observa.

Clayton Noleto afirma ainda que essa obra “só foi possível pela maneira especial que o governador vê a nossa cidade, lideranças que trabalham pelos investimentos e graças à emenda do deputado Marco Aurélio”, destaca com agradecimento de toda a população ao professor.

Muito agradecido, o deputado Marco Aurélio disse da satisfação na parceria com Flávio Dino na luta por melhorias em Imperatriz: "Agradeço imensamente ao nosso Governador Flávio Dino, ao secretário Clayton Noleto e toda sua equipe, por me apoiarem nesta defesa de nossa cidade e de nossa região. Todos os compromissos que fizemos, com fé em Deus, no nosso Povo e nesta parceria, haveremos de cumprir. Digo isto, destacando a importância de sabermos que não estamos sós. Eu tenho amigos que compartilham as nossas lutas e nos apoiam. É por isso que tem dado certo e que continuará dando certo", finalizou o deputado. 

Na solenidade, estavam presentes além dos vereadores da Imperatriz, o prefeito Assis Ramos (PMDB) e os prefeitos de São João do Paraíso, Beto Régis (PCdoB); de Campestre, Valmir Morais (PT); e de Governador Edison Lobão, professor Geraldo Braga (PCdo B), o secretário estadual de Relações Institucionais, Pastor Porto, o presidente da associação dos Pastores, Bispo Rubens, além de lideranças políticas de toda a região.

domingo, 20 de agosto de 2017

Mototaxista é encontrado morto dentro de casa, em Açailândia


22:07
Um mototaxista popularmente conhecido como Milonga foi encontrado morto dentro de sua residência no Bairro Nova Açailândia, na noite deste sábado, por volta das 21:00h. Não a ainda maiores informações, mas segundo amigos ele teria tido um infarto, e tinha problemas de pressão alta. 

Segundo informações era um cidadão de bem e trabalhava há dez anos no ramo de mototáxista. O corpo foi recolhido pela funerária de plantão e levado para realização dos procedimentos de praxe.
Fonte: blog do Maicon Sousa 

sábado, 19 de agosto de 2017

Com apoio de Sérgio Vieira, Aciaria recebe parte do empréstimo para implantação do Setor de Laminação

Está primeira parcela já deverá gerar em Açailândia vários postos de trabalho e renda para a população

IMG_1339
Quando assumiu uma vaga na Assembleia Legislativa temporariamente, o então deputado estadual Sérgio Vieira levantou diversas bandeiras a favor de Açailândia e região. Contudo, seu maior empenho foi a favor da geração de emprego e renda, já que o município passa por uma das maiores crises econômicas de sua história.
Sendo a siderurgia o setor que mais demitiu mão de obra, Sérgio realizou no dia 19 de maio uma audiência pública para discutir a crise no setor siderúrgico do Maranhão. O evento que aconteceu na Câmara Municipal e reuniu mais cinco deputados estaduais, o prefeito de Açailândia Juscelino Oliveira, vereadores e secretários municipais.
Dez dias depois na Assembleia Legislativa (AL), Sérgio Vieira criou a “Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Siderúrgica no Estado do Maranhão”, da qual foi coordenador, a fim de dar visibilidade a nível de Estado para as perdas com a falta de apoio ao setor siderúrgico.

IMG_1361

Aciaria

Como deputado estadual e coordenador da Frente Parlamentar, Sérgio esteve juntamente com o senador da República Roberto Rocha, reunido com o diretor do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). O motivo do encontro foi pedir celeridade a análise e liberação de 100 milhões de reais para Aciaria da Gusa Nordeste, a fim de implantar o Setor de Laminação.
Agora, após muita luta, foi liberado pelo BNB a primeira parcela do empréstimo à Aciaria, no valor de 30% do empréstimo total, uma cifra superior a 30 milhões de reais. O recurso será investido para a laminação do aço, e deverá gerar emprego e renda para a população de Açailândia, minimizando os impactos da crise no município.
“Nossa atuação está rendendo frutos, tivemos uma grande participação nesta luta, não foi só a gente, mas demos nossa contribuição. Fizemos uma audiência pública em Açailândia sobre a questão do setor siderúrgico, depois criamos uma Frente Parlamentar a favor do setor siderúrgico do Maranhão, e essa Frente fez uma reunião com o Senador Roberto Rocha e com o diretor do Banco do Nordeste de Fortaleza. Então fizemos parte dessa luta para que isso se tornasse realidade”, afirmou Vieira.
Sérgio também destacou que o melhor resultado com a liberação do recurso será a geração de emprego em Açailândia. “Finalmente uma boa notícia na questão da empregabilidade. Com os investimentos na Aciaria teremos mais obras e serviços e, consequentemente, mais trabalhadores sendo contratados. E é essa geração de emprego que mais me deixa feliz em ter contribuído com a realização deste sonho”.

Novo Parque Industrial

Nesta terça-feira, 15/08, Sérgio Vieira esteve com o prefeito Juscelino Oliveira, o secretário de Estado de Indústria e Comércio Simplício Araújo e secretários municipais reunido com o diretor da Suzano Papel e Celulose, Flávio Moura, em São Luís.
A reunião teve como pauta novamente a geração de emprego e renda para Açailândia. A comitiva foi reforçar o pedido de doação de uma área que a empresa Suzano comprou da Siderúrgica Pindaré de 10 hectares, para a ampliação do Parque Industrial do Pequiá. Com está ampliação dezenas de pequenas e médias indústrias deverão se instalar no município, sendo atraídas pela produção do aço da Aciaria.
“O setor de laminação vai gerar muitas vagas de trabalho. E com está laminação virão também outras empresas, pois com o aço beneficiado pequenas indústrias terão condições de se instalarem em Açailândia, e assim gerando ainda mais empregos”, explicou Vieira.
Por fim Sérgio enfatizou a necessidade de Açailândia ter um representante na Assembleia Legislativa do Maranhão. “Em alguns meses estive na Assembleia Legislativa e também participei de várias reuniões em favor de Açailândia. E os frutos de nosso trabalho estão ainda acontecendo, como é hoje o caso da Aciaria. Por isso Açailândia precisa entender o valor de ter uma representativa no legislativo estadual”.
Ascom/Sérgio Vieira

Vereador César Costa faz entrega de uma equipagem para o time de Bech Soccer da escola Aulidia Gonçalves, que irão disputar o Jems em São Luís




Dando sequência as ações de apoio ao futebol amador de Açailândia, o vereador César Costa nos primeiros meses do seu mandato, tem buscado incentivar mais ainda esporte, e na manhã desta quarta feira  (16), fez a  doação de uma equipagem completa ao time de Bech soccer da escola Municipal Aulidia Gonsalves, que irão disputa o Jems 2017  em Sao Luis, tendo sempre o objetivo de apoiar o esporte em suas varias modalidades.

 Para o vereador  o esporte é uma forma de lutar contra as drogas e a marginalidade, além de trazer saúde e qualidade de vida.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

AÇAILÂNDIA RECEBE MOSTRA E CICLO DE DEBATES SOBRE IMPACTOS DA MINERAÇÃO



Exposição discute modelo mineral brasileiro a partir da tragédia em Mariana e dos danos causados pela mineração ao longo da estrada de ferro Carajás

Usando a arte para estimular o debate em torno do modelo mineral brasileiro, a exposição Do Rio que Era Doce ao Outro Lado dos Trilhos: Os Danos Irreversíveis da Mineração chega ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA, em Açailândia de 18 a 24 de agosto.

A mostra nasceu meses após o rompimento da barragem de Fundão, que, em novembro de 2015, deixou a região de Mariana (MG) coberta por rejeitos tóxicos. O rastro de lama chegou até o oceano Atlântico e, com ele, cresceu também a necessidade de se discutir as ameaças socioambientais representadas pela mineração. A contaminação da água e do solo, o inchaço e a sobrecarga das capacidades dos municípios que abrigam barragens e os problemas de saúde de sua população são só alguns deles.

São Paulo foi a primeira cidade a abrigar a exposição, organizada pelo Comitê Nacional em Defesa dos Territórios frente à Mineração. Agora, com a participação da rede Justiça nos Trilhos, o debate ganha força e amplitude, associando o desastre em Mariana aos efeitos da mineração na Amazônia: mais de 2 mil quilômetros separam as duas regiões, mas os impactos são os mesmos. De Parauapebas (PA), onde o minério é extraído, até São Luís do Maranhão, de onde é escoado para o mercado internacional, a população dos 27 municípios cortados pela estrada de ferro Carajás padece com resíduos tóxicos da poeira de minério e com a própria passagem do trem, que leva à deterioração do ambiente onde vivem e é causa de ferimento e morte por atropelamento.

Juntando o rio e os trilhos, os estragos em Minas Gerais, a exposição passou por Belém (PA) e agora chega à Açailândia. A exposição Do Rio que Era Doce ao Outro Lado dos Trilhos: Os Danos Irreversíveis da Mineração conta com fotos da região de Mariana, da estrada de ferro e de Piquiá de Baixo (uma das cidades mais impactadas pela mineração na região, espécie de “Mariana da Amazônia”), além de instalações sensoriais, exibição de filmes, aulas públicas, rodas de conversa e palestras sobre o modelo mineral, sobre Mariana e Carajás.
Merecem destaque o mural O Rio que Era Doce, de 14 x 3 metros, da artista Leila Monségur, e as maquetes que, com movimentos, reproduzem o complexo de Mariana antes do rompimento da barragem e logo após o desastre, com lama se espalhando – bastante didáticas, as maquetes ajudam o público a entender como funciona a mineração e a gravidade de seus impactos, especialmente em termos de contaminação da água.

A exposição foi concebida pelo Comitê Nacional em Defesa de Territórios frente à Mineração e em parceria com a Justiça nos trilhos chega à Açailândia.

Sobre o Comitê Nacional em Defesa dos Territórios frente à Mineração:
Articulação de organizações, movimentos sociais, igrejas e pesquisadores, em atividade desde 2013. É uma das principais iniciativas nacionais que se organiza politicamente em defesa dos atingidos pela mineração e de seus territórios. Investe, também, em comunicação e formação sobre o tema.

Sobre o Justiça nos Trilhos:
Rede de organizações não governamentais e movimentos sociais formada em 2007 para denunciar e combater violações de direitos humanos e crimes ambientais ao longo do Corredor Carajás. Atribuir as devidas responsabilidades ao Estado brasileiro e à empresa Vale é uma das missões do Justiça nos Trilhos.

Local: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do maranhão – IFMA
Aberta das 10h às 20h
Rua Projetada, s/n – V Progresso II - Açailândia