Adsense elton

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Defensoria e Senai-MA firmam parceria para ofertar formação profissional a pessoas em situação de vulnerabilidade


A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (Senai-MA) firmaram convênio, nesta quarta-feira, dia 21, para a realização de cursos de capacitação profissional a maranhenses em situação de vulnerabilidade social, oportunizando assim seu desenvolvimento e inserção no mercado de trabalho.
Assinaram o documento o subdefensor-geral Gabriel Furtado e o diretor regional do Senai, Marco Antônio Moura da Silva, em breve solenidade realizada na sede do Departamento Regional do Senai, em São Luís.
Os cursos profissionalizantes, nas modalidades de iniciação e qualificação, são ofertados por meio do projeto “Qualificar”, que foi lançado em 2013 e já beneficiou dezenas de pessoas. Inicialmente, o projeto tinha como foco mulheres vítimas de violência doméstica. Com o sucesso da parceria, a iniciativa foi ampliada a pessoas com deficiência e idosos. Nesta nova edição, passará a atender também adolescentes em conflito com a lei, sentenciados com a medida de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC), que já são assistidos por meio do por meio do projeto “Oportunizar para ressocializar”, desenvolvido pela Defensoria.
Segundo o subdefensor Gabriel Furtado, a realização do curso é uma importante contribuição no combate às desigualdades sociais no Maranhão. “Iniciativas como essa dão uma outra dimensão à defesa de direitos dos nossos assistidos. Estamos indo além de fazer uma petição judicial, pois estamos garantindo acesso a uma política pública que vai contribuir para que a pessoa possa romper com o ciclo de violência e a situação de vulnerabilidade a que estão submetidos”, destacou.
Para o diretor Marco Moura, é papel do Senai contribuir para o desenvolvimento econômico e social do estado e na mudança de vida das pessoas para melhor. “Parcerias como esta que mantemos com a Defensoria trazem sempre bons resultados. A profissionalização é o melhor caminho para que esses maranhenses obtenham independência financeira e possam recuperar sua dignidade”, comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário